4175299981_7752cbe323_o

 

Você se lembra da primeira vez em que viu um emoticon? :)

O primeiro uso documentado de “:-)” é de 1982, quando Scott Fahlman propôs que ele fosse usado com uma forma de “fazer piadas” em uma mensagem para os cientistas da computação do conselho da universidade de Carnegie Mellon. Essa foi a sua mensagem que mudou a internet:

“Eu proponho que a sequência de caracteres seguinte seja usada para fazer piadas:

 “:-)”

“Leia de lado.”

Hoje, emoticon não precisam de tanta explicação. Junto com o crescimento das redes sociais (e o encolhimento dos seus limites de caracteres), essas representações pictográficas de emoções são usadas para dar mais intensidade e significado à comunicação.

Se você ainda não está certo de que os emoticons caem bem para a sua marca nas redes sociais, nós separamos sete razões bem embasadas por estudos científicos de que os emoticons podem fazer você aparentar mais amigável, aumentar a sua popularidade nas redes sociais e ainda te fazer mais feliz offline.

 

A gente já está se sentido mais feliz. :D

 

    1. Emoticons te tornam mais popular nas redes sociais

 

Em análise, mais de 31 milhões de tweets e meio milhão de posts no Facebook comprovam o fato de que emoticons positivos podem ser marcador de status nas redes sociais.

Simo Tchokni e seus colegas do laboratório de computação da universidade de Cambridge usam várias métricas como números de seguidores e a pontuação no Klout (ainda não conhece? Falamos dele nesse post aqui) para determinar traços de influência entre os compartilhamentos em redes sociais e os emoticons foram um fator comum.

 

“As características de um emoticon alcançaram alta performance, sugerindo que existe um link sólido entre o uso de emoticons e a influência social. Usuários mais influentes que tendem a usar emoticons e um placar alto no Klout está fortemente associado com emoticons positivos.” Concluiu o estudo.

  1. Nós reagimos aos emoticons como se fossem um rosto humano real

Se você já quis poder chegar e conversar com os seus seguidores e fãs cara a cara, eis as boas notícias: Um emoticon pode ser a melhor opção!

Cientistas descobriram que quando nós olhamos para um rosto sorridente online, são ativadas as mesmas e bem específicas partes do cérebro que reagem a um real rosto humano.

Uma ressalva: Isso só funciona no formato “esquerda para a direita”. Em outras palavras, o cérebro humano lê “:-)” da mesma maneira que um sorriso humano, mas “(-:” não.

“Emoticons são a nova forma de linguagem que nós produzimos, e para decodificar essa linguagem nós produzimos um novo padrão de atividade cerebral”. Disse o pesquisador Dr. Owen Churches, da escola de psicologia na universidade de Flinders em Adelaide para a ABC Science.

Porque isso pode fazer a diferença quando se trata de redes sociais e marketing? Porque os rostos humanos são particularmente efetivos mecanismos para chamar a atenção.

“A maior parte de nós presta mais a atenção em rostos do que em qualquer outra coisa” Disse Churches, que vem estudando a percepção da neurociência da face por anos. “Nós sabemos experimentalmente que as pessoas respondem de forma diferente a rostos e outras categorias de objetos.

 

 

  1. Emoticons caem bem até em ambientes de negócios

 

Você já deve ter ouvido que emoticons não são profissionais para a comunicação no ambiente de trabalho. Isso pode continuar sendo verdade em algumas indústrias, porém mais e mais rostos sorridentes estão integrando e-mails de trabalho e a ciência mostra que ninguém parece se importar negativamente com isso.

Um estudante da universidade do Missouri-St. Louis quis testar como as pessoas percebem rostos sorridentes em e-mails de trabalho comparados aos e-mails sociais. Pesquisadores enviaram dois tipos de mensagem para um grupo: uma de flertes e outra que decorria de uma entrevista de trabalho, e adicionaram alguns emoticons nas duas mensagens.

Esses pesquisadores descobriram que os emoticons nos dois casos de e-mail fictício fizeram com que quem recebe a mensagem goste mais de quem a enviou e ainda se sinta mais apreciado por quem a enviou. Mesmo no e-mail para a entrevista de trabalho, a credibilidade do remetente não foi afetada pela presença de emoticons, mesmo quando eles usaram 4!

“Em um contexto de trabalho orientado, onde traços impessoais, frios e insociáveis de comunicação via computador são fortemente encorajados a fim de construir credibilidade ou profissionalismo, usar emoticons pode criar uma quebra de gelo positiva por ser amigável e pessoal.” Concluiu o estudo.

 

  1. Emoticons amenizam a dureza de uma crítica

 

Você tem alguma crítica ou feedback para compartilhar? Emoticons podem ajudar.

Estudos da comunicação no ambiente de trabalho mostram que quando um feedback negativo de um superior vem com emoticons positivos, os funcionários estão mais propensos a se sentir bem com a mensagem e tendem a fazer as mudanças solicitadas.

“Nossos resultados sugerem que o uso de emoticons amigáveis aumentam a percepção de boa intenção sobre o provedor do feedback e diminui a percepção de negatividade quando o feedback é específico.”

É importante notar que o uso de emoticons negativos ou pouco amigáveis tem o efeito contrário em alguns casos.

 

  1. Emoticons fazem você parecer mais amigável e competente

 

Quer parecer mais esperto e mais acessível? Emoticons podem ser a resposta.

Em um estudo que teve participantes de bate-papo online com especialistas em saúde e especialistas em cinema, os especialistas avaliaram em ambos os tópicos que aqueles que pareceram mais amigáveis e competentes aqueles que se comunicaram com emoticons.

Esse estudo também ressaltou um ótimo efeito colateral dos emoticons: Eles podem te ajudar a se lembrar do que você leu com mais facilidade! Os autores do estudo descreveram:

“Parece que a presença de emoticons afeta a cognição, porque a pontuação dos participantes sobrea memória para o conteúdo do bate-papo foram significativamente maiores nos contextos com emoticons do que naqueles em que não houveram emoticons envolvidos.

 

  1. Emoticons criam um ambiente de trabalho mais feliz

 

Pesquisadores já sabem a muito tempo sobre o efeito da negatividade em um e-mail, que é um fenômeno em que o destinatário está mais propenso a receber o e-mail com mais negatividade do que o remetente havia planejado. Se não tivermos a chance de compartilhar expressões faciais e pistas não verbais em nossos e-mails, eles podem ser difíceis de interpretar.

Mas emoticons podem oferecer ajuda.

Em um estudo de 2013, cento e cinquenta e dois profissionais leram a mesma mensagem em e-mail com e sem emoticons sorridentes que eram parte de uma situação fictícia de trabalho.

Quando eles foram questionados sobre o que leram, os resultados mostraram que emoticons reduziram o efeito de negatividade nos e-mails relacionados a negócios: a mesma mensagem pareceu menos negativa quando combinada com emoticons sorridentes.

“Os resultados sugerem que essas pistas emocionais simbólicas ajudam “guiar” o destinatário para uma emoção particular (nesse estudo, o emoticon sorridente representa um tom mais positivo) esclarecendo as intensões do remetente.” Disseram os autores do estudo.

Eles adicionaram emoticons que pudessem ajudar os funcionários em locações remotas a “ler” de forma mais precisa o conteúdo emocional de uma mensagem e eles poderiam ajudar, também, a atenuar a cyber agressão e evitar conflitos só por tornar as mensagens mais claras.

 

  1. Emoticons estão correlacionados com a felicidade off-line

 

A última razão para considerar a adição de emoticons em seu vocabulário online? Eles podem simplesmente te fazer feliz!

Um estudo de 2008 descobriu que usuários de emoticons tem uma experiência “efetivamente positiva sobre a diversão, interação pessoal, riqueza de informações percebidas e utilidade percebida.”

O estudo também revelou que emoticons são “não apenas divertidos de usar, mas também “uma adição valiosa para os métodos de comunicação.”

 

Você usa emoticons? Já notou a diference em como eles fazem você se sentir na comunicação? Compartilhe com a gente as suas percepções sobre!

 

Fonte de inspiração do post

Saiba mais em Lhama.me

Somos um laboratório de interação e inovação.

Leave a Comment

Your email address will not be published.